Estudos recentes: terapia anti-inflamatória em potros

01 fev 2016

Estudos recentes: terapia anti-inflamatória em potros

Os medicamentos anti-inflamatórios não esteroidais pertencem à classe terapêutica mais comumente utilizada na clínica de equinos devido ao seu potencial analgésico, antipirético e anti-inflamatório. O efeito dessas substâncias está relacionado à inibição da enzima cicloxigenase, que catalisa a transformação do ácido aracdônico em diversos mediadores lipídicos, denominados prostaglandinas e tromboxanos.

Enquanto em equinos adultos a absorção, distribuição, metabolismo e eliminação dos principais medicamentos anti-inflamatórios é bem estabelecida, em potros estes conceitos podem variar devido às diferenças fisiológicas, particularmente em relação ao aumento do volume total de água corporal e fluido extracelular, além de menor concentração de proteínas circulantes.

O meloxicam é um potente anti-inflamatório que exibe menores efeitos colaterais em animais adultos devido a maior seletividade para enzimas COX-2. Considerando os aspectos mencionados acima, Raidal et al (2013) realizaram um estudo para avaliar a farmacocinética e seguridade do meloxicam em potros. O fármaco foi administrado via oral, na dose 0,6mg/kg em animais de 2 a 23 dias de idade.

Veja abaixo os resultados encontrados pelos autores:

Figura 1. Concentração plasmática de meloxicam após administração única, via oral, em equinos adultos e potros.

Conforme pode ser observado no gráfico acima a eliminação do meloxicam em potros foi mais rápida quando comparada à animais adultos (maior clearence plasmático). Desta forma, os autores propõe que o tratamento em potros seja feito a cada 12h. Veja o gráfico abaixo da segunda parte do estudo:

Figura 2. Concentração plasmática de meloxicam administrado via oral em potros (0,6mg/kg, via oral, BID).

Neste estudo, a administração de doses repetidas de meloxicam, em intervalos de 12h foi bem tolerada em potros. Todos os animais permaneceram saudáveis e ganharam peso durante o ensaio, o que viabiliza o tratamento realizado duas vezes ao dia nesta faixa etária.

A Ourofino Saúde Animal conta com uma ampla linha de terapêuticos direcionados para o controle e manejo da dor de equinos nas mais diversas situações. Dentre os medicamentos anti-inflamatórios, destacamos o MAXICAM GEL, produto à base de meloxicam, administrado via oral, que pode ser utilizado em equinos adultos e potros com segurança.

Maxicam Gel é um anti-inflamatório não esteroide à base de meloxicam. Ação anti-inflamatória mais potente, duradoura e sem complicações gástricas.

 

Referências:

FITZGERALD, G. A.; PATRONO, C. P. The coxibs, selective inhibitors of cycloxygenase-2. The New England Journal of Medicine. V. 345, p. 433-342, 2001.

RAIDAL, S.L.; EDWARDS, S.; PIPPIA, J.; BOSTON, R.; NOBLE, G.K. Pharmacokinetics and safety of oral administration of meloxicam to foals. Journal of Veterinary Internal Medicine. v.27, p.300-307, 2013. 

Raquel Mincarelli Albernaz

Especialista Técnica Ourofino Saúde Animal

Tags