Relatório de Transparência Salarial e de Critérios Remuneratórios

Em cumprimento à lei nº 14.611, de 4 de julho de 2023, à Portaria MTE Nº 3.714 e ao decreto nº 11.795/2023, publicamos o Relatório de Transparência Salarial e de Critérios Remuneratórios.

O relatório é organizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, com base em dados de 2022. Sabemos que um dos critérios para compor o documento foi a utilização da CBO (Classificação Brasileira de Ocupações), um sistema padronizado de classificação das ocupações no mercado de trabalho para fins estatísticos, que, na maioria das vezes, não é compatível com as nomenclaturas internas de cargos nas empresas que, complexas como são, demandam diversos tipos de funções, posições e departamentos, cada qual com atividades e níveis de responsabilidade e exigência diversos, aspectos que são indiferentes a esse sistema de classificação padrão¹.

Nossos processos seletivos são pautados em valorização de talentos e em critérios de requisitos e qualificações, que englobam a análise de competências e com um forte programa de remunerações que beneficia a todos, com reconhecimento de nossos profissionais e ampla rede de apoio, considerando os diferentes cenários em que estamos inseridos: administrativo, trabalho a campo ou mesmo considerando as diferentes legislações entre os países em que atuamos, por exemplo.

Reforçamos nosso compromisso com o trabalho ético e com o ambiente de trabalho seguro e respeitoso. Repudiamos qualquer forma de discriminação, seja ela de raça, cor, credo, origem, orientação sexual e política.



1 - Por hora, não temos acesso aos elementos individualizados que compuseram os agrupamentos, cálculos e classificações dos dados ali contidos, o que impossibilita uma conferência, interpretação e conclusão pormenorizada de conteúdo do relatório. Com isso em vista, já solicitamos a abertura desses dados para que possamos continuar nosso trabalho de acordo com nossos valores.