Como realizar um bom manejo na ordenha?

  • A primeira etapa para uma boa produção é evitar a contaminação por microorganismos. A contaminação acontece principalmente por causa da sujeira e falta de cuidado.
  • Lave os baldes e latões corretamente.
  • Os primeiros jatos de leite têm uma alta carga de bactérias. Jogue fora os 3 primeiros jatos de cada um dos tetos antes da ordenha ou deixe o bezerro mamar em todos os tetos para eliminar o leite contaminado.
  • Realize o Pré-dipping: O pré-dipping recomendado é a imersão dos tetos em solução clorada para reduzir a contaminação. Utilize uma caneca apropiada para esta prática. Ela impede que a solução aplicada volte para dentro da caneca. Faça o pré-dipping de todos os tetos e deixe a solução agir por aproximadamente 30 segundos antes de secar com toalha de papel.
  • Lave os tetos antes somente quando estiverem muito sujos, e não o úbere inteiro, senão a água pode escorrer e sujar tudo de novo.
  • Depois do pré-dipping, seque os tetos com papel toalha e depois jogue fora. Para isso utilize papel toalha descartável.
  • Na ordenha mecânica, as teteiras também devem ser higienizadas. Utilize a escova espefícia para teteiras e o detergente alcalino e depois enxague com água corrente.
  • Sempre lave as teteiras após a ordenha.
  • Depois de jogar fora os 3 primeiros jatos ou do bezerro mamar, e depois do pré-dipping e da secagem dos tetos, a ordenha pode ser realizada.
  • Tenha atenção especial com as mãos, pois estão em contato direto como teto. Elas podem ser uma fonte de contaminação no momento da ordenha manual.
  • Durante a ordenha manual evite que o fundo do balde encoste no chão. Segure o balde entre as pernas.
  • Evite a presença de outros animais durante a ordenha, como gatos, cachorros, galinhas, porcos, etc.
  • Estes são os principais pontos de contaminação, higienizando muito bem os tetos, baldes, latões, eliminando a água residual e os três primeiros jatos você já vai conseguir um leite de boa qualidade e dentro da legislação.
  • Mas têm outras coisas que são boas práticas e com o tempo pode ir melhorando. (Teste da mastite, pós-dipping, alimentação, secagem da vaca, instalações, e etc.)

Essa informação foi útil para você?