Como fazer um bom manejo dos bezerros após o nascimento?

  • Esteja atento às dificuldades de parto, rejeição da cria e bezerro fraco, registre o fato e comunique o administrador ou o veterinário para que sejam tomadas as providências necessárias.
  • Registre na caderneta qualquer problema ocorrido (frio, chuva, ataque de urubus, troca de piquetes, etc.).
  • Não maneje bezerros recém-nascidos, faça-o de preferência após 6 horas do nascimento. Quando for detectado algum problema aja imediatamente.
  • Contenha o bezerro segurando-o pela virilha e pescoço. Não jogue o bezerro no chão! Levante-o um pouco e apoie-o na perna fazendo-o escorregar até o solo.
  • Cuide do cordão umbilical.
  • Identifique o bezerro.
  • Pese o bezerro sempre que possível.
  • Observe se o bezerro ingeriu o colostro e em caso negativo, ajude-o a mamar. Anote na caderneta as prováveis causas (tetos e úbere grandes, bezerro fraco, rejeição materna). Estes animais devem ser ajudados até que consigam mamar por conta própria.
  • Mantenha a rotina de visitas diárias, ou com a maior frequência possível, para diagnosticar qualquer problema como bezerros fracos, apartados, com diarreia, etc.
  • O bezerro é a principal fonte de renda da fazenda de cria. Portanto, devemos evitar que o manejo seja agressivo, pois o estresse causado pode resultar em acidentes, doenças e mortes.

Essa informação foi útil para você?