13 jul 2010

Organização da Farmácia Veterinária

Estruturar uma farmácia veterinária em propriedades rurais nem sempre é fácil, mas é muito importante para que se possa agir com rapidez no controle e tratamento de doenças que acometem os animais de uma hora para a outra. O melhor é planejar uma farmácia  para guardar o estoque de medicamentos próxima ao curral para facilitar o transporte. Os medicamentos devem ser guardados em armários bem estruturados (não podem balançar), em locais arejados, protegidos da luz solar, ser de fácil higienização e com divisões, para facilitar a separação e limpeza. Cada tipo de produto deve estar em compartimento próprio identificado com etiquetas (ex: antibiótico para diarréia). De acordo com a médica veterinária e gerente técnica da Ourofino Daniela Miyasaka, não devem faltar na farmácia antibióticos, antiinflamatórios, carrapaticidas, mosquicidas, bernicidas, vermífugos, soros, fortificantes, antitóxicos, antídotos, antissépticos e produtos para curativos como algodão, gaze, álcool, iodo e esparadrapo. “A organização da farmácia éessencial para que as expectativas da produção pecuária sejam alcançadas. A ação previne acidentes, evita desperdícios, garante o tratamento adequado e a recuperação mais rápida dos animais”, afirma. Assessoria de Imprensa Ourofino

None

None


Deixe o seu comentário